Maria na Vida dos Cristãos

posted in: Diocesaninho | 0

Primeiramente quero recordar o papel de nossa Senhora como intercessora junto de Jesus Cristo. As Aparições, como por exemplo a de Fátima, mostram Nossa senhora sempre preocupada com o Comportamento dos homens e consequentemente com Destino da humanidade.

 

Como uma mãe preocupada com as decisões de seus filhos, nos convida à oração e chama-nos à conversão. Foi assim nas aparições de Fátima onde ela se apresentou aos três pastorzinhos Lúcia, Francisco e Jacinta, como senhora do rosário e pedia a eles oração, penitência e sacrifício. Este olhar de mãe sempre atenta às necessidades de seus filhos é o mesmo olhar que socorreu aquele casal nas famosas bodas de Caná na Galiléia, e logrou em favor dos Esposos o primeiro milagre de jesus.

 

 

Neste mês de maio todos os Católicos somos convidados a renovar nossa devoção a Nossa Senhora, isto porque exatamente No dia 13 de deste mês, celebramos a memória de suas aparições em Fátima. Para ajudar aos nossos Jovens a intensificarem sua Devoção a nossa Senhora, me propus a escrever um pouco sobre a sua importância em nossa vida de fé.

Não preciso falar da Importância de Nossa senhora na bíblia, isto é: No plano de Deus para nossa Salvação, mas quero sim falar um pouco mais da importância de Maria para nós cristãos hoje.

 

PORTANTO, QUEREMOS RENOVAR NOSSA DEVOÇÃO COMO ATO DE GRATIDÃO A MARIA, PORQUE ELA SEMPRE CUIDA DE NÓS.

 

Exatamente por ser intercessora nossa, é que inúmeros Católicos percebem os benefícios da devoção na sua Vida, principalmente os pobres e marginalizados, os Idosos e os doentes, agonizantes, os desempregados, as Famílias em crise e tantas pessoas que em meio ao seus Sofrimentos às vezes até mesmo se desesperam, se sentem desamparadas e gritam pela intervenção de Deus pedindo para isso a intercessão de nossa Senhora.

A verdadeira devoção não é formada somente por piedosos atos de oração, é formada também e acima de tudo por uma vida de imitação das virtudes de Maria. Antes de tudo ser devoto de nossa Senhora é imitar sua Vida de oração através seu diálogo frequente com Deus.

O conhecimento da história de povo de Deus e da Sagrada escritura, a solidariedade com as pessoas que sofrem qualquer dificuldade, a obediência aos Mandamentos, o amor incondicional a Jesus Cristo e à Sua Igreja. Ser devoto de Maria é sim realizar piedosos atos de devoção como forma de expressar nossa carinhosa gratidão a uma mãe tão atenta e abnegada em favor de seus filhos.

Sabemos no entanto, que não é esta devoção o que nos alcança a salvação, é necessário então deixar que nossa devoção a nossa Senhora nos leve sempre mais a Jesus Cristo, à fé nele e à pratica dos mandamentos do amor a Deus e ao próximo Como a si mesmo.

 

MARIA SEMPRE ESCUTA E PEDE A DEUS POR NÓS.

 

São incontáveis, em todo o mundo, os relatos de Milagres e graças alcançadas pela sua intercessão. Consequentemente a devoção à Virgem faz com que tantas pessoas permaneçam na Igreja Católica apesar dos assédios de membros de outras denominações religiosas.

Assim, quero convidar a todos os jovens, neste mês de maio a renovar sua devoção através da meditação dos mistérios da Vida de Cristo no santo terço, A rezar com fé e devoção a Consagração a nossa Senhora, a pedir sempre sua Intercessão para alcançar a Graça que necessitem.

Seja no Trabalho, no estudo, namoro, Na família, no discernimento Vocacional; pela superação desta pandemia do Coronavírus, em tudo Invoquemos de forma confiante e filial a poderosa Intercessão de Maria, e peçamos a ela que nos faça amar e seguir seu Filho, para sermos dignos das promessas de Cristo.

pe miguel

PADRE MIGUEL ARNOLD
DIRETOR ESPIRITUAL DIOCESANO

 

 

 

Maria exemplo de Mãe e Pessoa

 

Maria foi a escolhida por Deus para conceber Jesus e dar luz à vida, ser a mãe, e Ela nos passa o verdadeiro valor da maternidade. Ela se doou por inteira a Jesus, acompanhou os passos do Filho até o último momento Maria esteva com ele. Ser mãe é realizar tudo em serviço de amor, é realizar bem a tarefa que lhe foi confiada por Deus e viver esse serviço revestido de toda a dignidade. Maria passou por grandes dificuldades, assim como também nós e muitas mães passamos por muitas aflições.

 

MAS, COMO A VIRGEM SANTÍSSIMA, TODOS DEVEMOS ACREDITAR E EXPERIMENTAR O DOCE DESÍGNIO DE DEUS

 

Nossa Senhora passou por muitos momentos estressantes de provação, de incômodo e de dor, durante toda sua vida, mas suportou tudo com paciência. Ela estava sempre em oração, era silenciosa e tinha a vida mergulhada em Deus, tudo fazia em sua presença.

 

O que fazer para ser como Maria?

 

Estar à disposição de Deus e permitir que ele realize seu plano. Para Maria, Deus era o primeiro em seu coração, sempre teve o corpo, a alma, os sentidos, o coração, centrados no Senhor. Assim ela nos deu o maior exemplo de mãe e de mulher, nos mostrando como podemos permitir que Deus realize seu plano em nós.

 

 

SANTA DO MÊS

Maria

 

Nesse mês somos convidados a voltar nosso olhar a nossa mãe, a Virgem Maria Santíssima, uma filiação espiritual que o próprio Jesus Cristo nos deixou em meio ao seu sofrimento na cruz: ‘mulher, eis aí o teu filho’. Depois disse ao discípulo: ‘eis aí a tua mãe’ (jo.19, 26-27).

É ela a mãe que nos ampara, nos levanta, e nos faz caminhar em direção ao céu. O papa Paulo VI, grande devoto de Maria, nos ensina que Jesus Cristo é sol e Maria, nossa mãe, é a lua. Diz isso, pois a lua não tem luz própria, mas é pelo sol que ela nos conduz e nos faz enxergar em meio a escuridão desse mundo.

 

Entreguemos nossa vida ao pés da Virgem Maria, para que ela, com seus afetos e cuidados de maternais, interceda por nossas lutas junto ao seu filho Jesus Cristo.

Que possamos, conforme o pedido dela em sua aparição em Fátima, nos unirmos aos mistérios de Deus no santo terço, nossa arma para combater o bom combate e seguirmos rumo a santidade.

 

 

CORRENTE DE ORAÇÃO

 

09/05 – rezemos pelas nossas mães, que zelavam por nós antes mesmo do nosso nascimento. Pedimos para que elas encontrem na vossa mãe, a Virgem Maria, o amparo e o modelo.

 

16/05 – rezemos por todos que sofrem neste tempo de pandemia, pedimos a Deus que conceda saúde aos doentes, amparo as famílias das vitimas e pela salvação das almas de todos os falecidos.

 

23/05 – rezemos pela nossa fé, que o Espírito Santo mantenha em nossos corações acesa a chama do amor de Deus, que Jesus ressuscitado, ressuscite também em nossos corações.

 

30/05 – rezemos pelos grupos e movimentos da nossa diocese, pedimos a Virgem Maria Santíssima que estenda sobre eles o seu manto sagrado, para que perseverem unidos na oração em busca do Cristo que é nosso ideal.

 

PRÉ

 

Queridos Jovens e Tios

 

Neste tempo em que estamos vivendo, de distanciamento social, precisamos intensificar ainda mais nossas orações, antes nossas desculpas eram que não tínhamos tempo para rezar ou para fazer outras coisas, mas neste momento estamos com tempo de sobra. Neste mês de maio, mês em que dedicamos a Maria, convidamos os grupos a intensificarem suas orações a nossa mãezinha do céu mesmo à distância.

 

Jesus tanto nos amou que nos entregou uma mãe, tão importante foi o papel dela para nossa salvação, trouxe à vida, aquele que nos deu a própria vida. Maria é o caminho mais curto para chegarmos a Cristo.

 

Assim com Ela deu o seu sim a Deus, nós também precisamos dar o nosso.

 

Saber escutar a vontade do Pai é fundamental, nada é como nós queremos, e nem no nosso tempo, tudo é no tempo de Deus, e conforme a vontade D’ele, afinal Ele sabe tudo, por isso precisamos primeiro nos recolhermos em silencio e dialogar com Deus para entendermos os seus propósitos, assim como fez Maria, sempre no silencio interior ela escutou e meditou tudo o que o pai havia preparado à ela, nunca questionou ou reclamou, sempre no silencio deu o seu sim.

Entendendo os propósitos de Deus para nossa vida, precisamos tomar a nossa cruz e segui-lo, muitas são as dificuldades encontradas no caminho, muitas são as tentações que nos puxam para o outro lado, mas se mantemos nossas orações firmes, as tentações acabam sendo mais fáceis de vencer.

 

Jesus nos diz no Evangelho de Matheus (7,24-29) que aquele que edifica a casa sobre a rocha, podem vir as enchentes e vento que ela não irá cair, pois a rocha à sustenta, como iremos construir nossa casa se não sobre Deus, que é a rocha que nos sustenta?

A oração nos aproxima e nos ligada intimamente a Ele.

Portanto nesse mês convidamos a todos que dediquem diariamente um tempo a Maria, sempre na intenção de que ela leve as nossas orações e pedidos ao seu filho Jesus.

Um grande aliado nosso é o santo terço, infinitas são as graças que recebemos dela, e também as promessas que ela nos garantiu que teríamos se rezássemos diariamente. Como havíamos sugerido no mês passado,

 

Para que usassem os meios digitais para rezarem o terço ou para conviverem e manterem a unidade, sugerimos também que nesse mês rezem alguma novena dedicada a Nossa Senhora, para que os prés não se distanciem e também os pós possam estar sempre unidos a eles, afinal sem pré, não temos clj, cuidemos de nossos jovens.

 

 

 

PLAYLIST MARIANA

Folclore

 

  • PERFEITO É QUEM TE CRIOU – VIDA RELUZ
  • COLO DE MÃE – COLO DE DEUS
  • RAINHA DAS DORES – TERRA DA CRUZ
  • CHEIRO DE ROSAS – COLO DE DEUS
  • UM ÍCONE – MINISTÉRIO ADORAÇÃO E VIDA
  • FIAT – BANDA DOM
  • PROFETIZA FILHA DE MARIA – COLO DE DEUS
  • LUZ DA NAÇÕES / SEJA LUZ / MÃE DA FÉ – ANJOS DE RESGATE
  • O CÂNTICO DE MARIA – ADORAÇÃO E VIDA
  • TODA TUA – COLO DE DEUS
  • HINO AO IMACULADO CORAÇÃO – TERRA DA CRUZ
  • TODO TEU, Ó MÃE – MISSIONÁRIO SHALOM
  • CONSAGRAÇÃO A NOSSA SENHORA – IRMÃ KELLY

 

A VOZ DO POVO

 

Como ser mãe te aproxima de Deus

Para mim o convite de ser tia do CLJ, me aproxima muito de Deus, aprendemos muito com os jovens, a convivência com eles nos mostra que precisamos chamar atenção quando for preciso. Precisamos incentivar eles ao caminho da fé, ensinar eles a rezar, a respeitar e a amar.

Essa experiência de ser mãe de todos no grupo me ajuda a ser uma mãe melhor para meus filhos e a cada encontro me vejo cada vez mais próxima de Deus.

 

Frase que defina ser Tia

Ser tia do CLJ da capela é como adotar os jovens do grupo como meus filhos, e convivendo com eles me torno jovem novamente.

 

 

Como ser mãe te aproxima de Deus

 

Ser mãe é uma dádiva de Deus, é o milagre de gerar uma vida. É rezar pros filhos antes mesmo do seu nascimento.

 

Frase que defina ser Tia

 

O clj foi um presente em nossas vidas. Ser tia do clj é dedicar tempo e oração ao grupo, é carregar cada jovem no coração.

 

Como ser mãe te aproxima de Deus

É graça de Deus, participar com ele do mistério da criação. É Deus que me capacita a revelar o seu amor através dos filhos, ele me ensina a amar e educar nossos filhos. Ser mãe é um sentimento indescritível é amar, chorar, sorrir dar a vida.

Aprendi a ser paciente, compreensiva e a se uma pessoa melhor, mas como nem tudo é perfeito, no dia a dia as dificuldades e os problemas também vão surgindo.

É nestes dias em que me sinto impotente, impaciente, frustrada e pequena, preciso constantemente recorrer a Deus. Nele encontro consolo, conforto e também força. A cada busca independente de ser para agradecer ou para pedir auxílio me sinto mais próxima a Deus.

 

Frase que defina ser Tia

Ser tia é assumir a missão de servir a Deus.

 

 

 

SEGUE LÁ

 

Instagram

 

@DASCOISAS_

 

Blog católico que trata sobre oração, modéstia, santidade e virtudes.

Você consegue encontrar nesse ig textos e reflexões relacionados a nossa fé.

Nesse mês Mariano o ig está explicando as diferentes invocações de Nossa Senhora.

 

@FILHOSDE_MARIA

 

Perfil Católico que busca trazer conteúdos diversos sobre a devoção à Virgem Maria.

 

DICAS

 

Caixinha “De Maria pra Você”

Esta caixinha traz mensagens de Nossa Senhora, Aquela que cuida, protege, intercede e ampara a todos que a Ela recorrem com fé e devoção.

 

Livro: Família, Santuário da Vida

Estudo profundo estudo sobre a realidade da família no mundo moderno, com as ameaças que tem Sofrido de todos os lados. Toda esta reflexão e estudo está baseada rigorosamente nos ensinamentos da Igreja — “coluna e sustentáculo da verdade” (1 tm 3,15) — de acordo com o sagrado magistério, com as sagradas escrituras e com a sagrada tradição.

Aqui são enfocados, tanto a vida conjugal, bem como os aspectos da educação dos filhos, em face dos graves males que atingem os jovens.

Gostou! Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.